Loli ☕

💝 💭 👠 💄 🐰 🐶 🍫 ☕ ❄ 📷 📚 📝 💻

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Hora do Desanimo

Pela primeira vez, desde que tenho o blog, fiquei uma semana sem fazer pelo menos uma publicação. 
😔 (not good, sorry!)
Eu explico porquê... 
A vida é feita de fases, as boas e as más, umas que servem de lição, outras que podem ser vistas com um incentivo e outras que testam os nossos limites.
Eu conclui uma fase da minha vida, aquela que eu entendi ser um incentivo, uma conquista, um motivo de orgulho. A conclusão da licenciatura.
Agora estou na fase "dos cabelos em pé". (Não deve ser complicado adivinhar sobre o que estou a escrever)










De momento faço voluntariado e estou a frequentar um curso suplementar à minha área de formação. Isto porque não consigo encontrar trabalho, não é por falta de esforço, simplesmente não acontece.
A desmotivação está a chegar, consigo senti-la. A esperança igualmente.
O voluntariado de três horas diárias não me ensina o que eu queria aprender e a minha formação são dois dias por semanas, três horas por noite, apesar de me ensinar o que eu preciso e de eu estar a gostar muito, mesmo muito, não me ocupa o tempo e não me dá que pensar/fazer.
Sinto-me sozinha, porque basicamente estou sempre sozinha, vejo as pessoas com o seu trabalho, as suas casas, a sua vida ocupada e organizada. Também gostava de ter o meu trabalho, para conseguir a minha independência pessoal e também para adquirir mais conhecimentos e experiência, porque a vida é feita disso. Estar parada é ver a vida passar, e aposto que não foi para isso que ela me deu uma segunda oportunidade.
Estou triste, desanimada. Só quero ver o meu esforço ser recompensado, quer aprender mais, quero aplicar os meus conhecimentos.
Mas, uma coisa é certa, não é por falta de tentativas que ainda estou nesta situação. Nessa parte, durmo de consciência tranquila. Já distribui currículos por todo o lado (dentro e fora da área de residência) e todos os dias (mesmo todos) envio currículos online para as ofertas que existem em praticamente todos os sites relacionados com a procura/oferta de emprego. 
Já fui a várias entrevistas, todas me pareceram correr bem, as pessoas pareciam entusiasmadas, mas nunca fui o suficiente para ficar.
Enfim, tudo isto é desmotivante, cansativo e frustrante. Tenho que lutar, não posso desistir, continuar a tentar e não ir a baixo nesta altura, mas há dias, como o de hoje, que só apetece baixar os braços. Ficar no sofá a deprimir. Eu sei que não é solução. Mas todos temos os nossos momentos de fraqueza e de desanimo. 
Hoje foi o meu! (infelizmente)
Quando parece que não há soluções, não se vê luz ao fundo do túnel, quando se vê todos à nossa volta a evoluir e nós estamos estagnados, sem conseguir sair do mesmo sítio, é definitivamente um sentimento que não desejo a ninguém. Eu sou solteira e sem filhos, e estou a desesperar, não quero imaginar quem é casado com filhos e está na mesma situação que eu... 
Bem, não querendo deprimir quem está a ler isto, por aqui me fico!
Boa sorte a todos! 😃








MP

5 comentários:

  1. Não se pode desanimar com as adversidades da vida,senão estarás mais tempo desanimada do que animada. Viver a Vida é tramado mas também compensatório, a diferença está na "cor das lentes" com que a vês. "Cabeça erguida que para a frente é que é Lisboa", já ouvi esta frase um milhão de vezes mas, sinceramente não sei o autor, apenas sei que é muito verdade.

    ResponderEliminar
  2. Hey, então não desanimes! Não é fácil mas vais ver que dás a volta por cima! É dificil arranjar emprego mas não impossível, continua a lutar :)

    Volta & Meia
    Facebook

    ResponderEliminar
  3. Sinto-me na mesma situação que tu, cada dia é uma nova luta, mas o importante é não desanimar. Beijinhos

    http://dailyprinces.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto Mara! Obrigada e boa sorte :)

      Eliminar